Férias escolares é sempre assim: motivo de alegria para os filhos e tensão para os pais! Se você tem em casa uma criança que adora correr, brincar, pular, explorar os espaços e se divertir, então, significa que você tem uma criança saudável. E, para que você consiga manter sua saúde mental e emocional, um bom planejamento e algumas cartas na manga são essenciais.

Para te ajudar a curtir as férias com a criançada, separei aqui algumas dicas:

– Refaça os combinados: Não tem jeito, a rotina muda e novos acordos precisam ser estabelecidos para que esse tempo seja bem aproveitado e satisfatório para todos. As crianças ficam super empolgadas e querem aproveitar para fazer tudo o que não podiam fazer no período de aula: dormir e acordar tarde, ficar na casa dos amiguinhos, comer no sofá… Por isso é importante reforçar os combinados e se for abrir exceções, deixe claro que será um “especial de férias”. Isso ajudará vocês a alinharem as expectativas sobre o que pode ou não ser feito. Envolver a criança nas decisões fará com que ela se sinta pertencente e, assim, seguirá melhor os combinados que ela mesma ajudou a fazer.

– Faça uma lista de atividades: Crie uma lista com todas as ideias que vocês pensarem – brincadeiras, passeios, tarefas, filmes para assistir, receitas culinárias, etc. Sempre que bater aquele “tédio” ou a criança se queixar “Mãe, não tem nada pra fazer”, convide-a a escolher um item da lista.

– Crie um quadro de rotinas: Isso ajuda a manter o funcionamento e o fluxo das atividades, diminuindo a euforia e a ansiedade por não saberem o que vai acontecer. A rotina e a previsibilidade são fundamentais para o senso de segurança da criança. É importante fazer esse quadro JUNTO COM ela e irem conversando sobre as possibilidades. Peguem as sugestões que colocaram na lista e distribua para os períodos da semana – Isso evita que as crianças passem as férias inteiras na frente das telas e jogos eletrônicos.

– Inclua passeios ao ar livre: Aproveite para conhecer parques e praças públicas da sua cidade. Leve a criança para conhecer o Centro da cidade, a biblioteca, o Centro Cultural. A criança precisa de espaço para correr, se movimentar e estar em contato com a natureza.

– Para os dias de frio e chuva: Todo tempo junto é uma oportunidade para ajudar a criança a desenvolver habilidades de vida. Aproveite as férias para investir tempo em treinamento para incentivar a autonomia da criança – trocar de roupa, comer, tomar banho, usar o banheiro, arrumar o quarto. Você pode aproveitar para envolvê-la nas atividades diárias, no preparo dos alimentos, na arrumação da mesa, enfim… Sabe aquelas atividades que, por causa da correria, você acaba fazendo pela criança? Então, aproveite agora para ensiná-las! Fazendo isso de uma forma divertida, as crianças vão achar o máximo ao se perceberem capazes!

– Marque encontros: Aproveite para visitar os familiares e amigos. Combine um café da tarde com as mães dos amiguinhos, façam passeios juntos, pic nic, roda de histórias.

– Cultive memórias: Aproveite esse período para se conectar com o seu filho e cultivar memórias afetivas. Você pode compartilhar histórias e brincadeiras da sua infância, mostrar um álbum de fotos e reviver os momentos felizes; ler e contar uma história.

Educar filhos é trabalhoso, requer disposição, criatividade e entrega. Faça o seu melhor nas condições que você tem! Encare esse tempo como uma oportunidade de gerar novas conexões e curtir com as crianças. 

As férias acabam e a maior recompensa será vê-los crescerem felizes e com boas lembranças do seu tempo de infância. 

Um beijo carinhoso, Aline Cestaroli.