Coaching ou Psicoterapia? Quando devo procurar um ou outro?

Muitas pessoas me perguntam sobre a diferença entre o Coaching e a Psicoterapia, em qual situação procurar um ou outro. Por isso, decidi escrever um texto e explicar melhor para que possam saber em qual momento da vida procurar um ou outro.

O Coaching é um processo de desenvolvimento humano, que prepara a pessoa para atingir seus objetivos de maneira eficaz e mais assertiva. É fundamentado em saberes de diversos campos do conhecimento humano (psicologia, sociologia, neurologia, dentre outros)  e suas ferramentas são cientificamente testadas e comprovadas, visando o aprimoramento de múltiplas competências pessoais do indivíduo. É focado no futuro do cliente, criando estratégias para que este tenha um melhor desempenho global, atentando-se à sua qualidade de vida.

Na Psicoterapia existem diversas linhas teóricas e cada uma desenvolve a atuação de acordo com sua visão de mundo, algumas mantêm o foco mais no passado, outras mais no comportamento, outras no aqui-agora, trabalhando com o conteúdo que o cliente quiser. O importante é procurar uma linha teórica que faça mais sentido para você. Pode ser dividida em duas etapas:

  • A primeira com foco no passado e presente, tratando de questões pessoais, tais como transtornos emocionais, comportamentais e cognitivos, por exemplo: ansiedade, depressão, síndrome do pânico, traumas, dificuldades de aprendizagem, timidez, fobias, etc. É uma etapa de “reestruturação”;
  • E a segunda, que é onde mais se aproxima do Coaching, seu foco é no presente e futuro, agindo no planejamento e na ação.

“A psicoterapia trabalha com a promoção da Saúde Mental, o Coaching visa o crescimento mental”.

Embora use técnicas e métodos da psicologia, O Coaching tem como finalidade levar o cliente a sair de seu estado atual, conquistar seu estado desejado e acelerar resultados, melhorando a performance. Para vivenciar um processo desta natureza, a pessoa precisa estar em plenas condições psicológicas.

Além do mais, o Coaching é um método que compreende um começo, meio e fim. Geralmente ocorre em 10 sessões, todas elas focadas no objetivo estabelecido na primeira sessão.

Ao contrário, a psicoterapia não compreende um número de sessões pré determinadas. Por ser um processo terapêutico, que trabalha toda a história do cliente, o acompanhamento, geralmente, é mais longo, podendo chegar a anos. Tudo de acordo com a necessidade do cliente e da demanda que ele traz para as sessões.

Quando procurar pelo Coaching?

Se você precisa potencializar suas habilidades, definir metas e alcançar objetivos, o Coaching pode te ajudar de maneira mais pontual e eficaz.

Quando procurar por Psicoterapia?

Se você precisa elaborar algumas questões, algo do seu passado que não está bem resolvido, se alguns sintomas psicológicos (ansiedade, depressão, pânico, fobia, etc) se fazem presentes em sua vida, a Psicoterapia é mais indicada.

Mas se o seu objetivo for o autoconhecimento, tanto o Coaching, quanto a Psicologia pode te ajudar. Cada um à sua maneira e com a sua metodologia.

Sobre a formação profissional

A Psicologia é uma ciência, uma profissão regulamentada e que conta com um Conselho regulador, o CFP – Conselho Federal de Psicologia. Para ser Psicólogo, é preciso cursar a graduação de Psicologia, que geralmente dura 5 anos e estar inscrito no CRP.

O Coaching é uma profissão nova, desenvolvida em cima de diversos estudos científicos e, como disse anteriormente, pautado em diversas áreas do desenvolvimento humano. Como ainda não é uma profissão regulamentada, não existe uma faculdade de Coaching, o que existe são cursos de formação, oferecidos por alguns Institutos. Fiz minha formação no Instituto Brasileiro de Coaching – IBC -, um dos mais renomados do país, com certificação internacional.

É uma formação que não exige nenhum curso superior, portanto pode ser realizado por qualquer pessoa que se interesse pelo desenvolvimento humano e que tenha o desejo de se tornar um Coach.

Conclusão

Particularmente, amo trabalhar tanto com a Psicoterapia, quanto com o Coaching. Ajudar as pessoas a se conhecerem, desenvolver suas potencialidades e se tornarem pessoas mais realizadas e felizes, me traz uma alegria indescritível.

Ah, uma “vantagem” do Coaching é que com ele posso atender amigos e família, pessoas próximas, mas que, por uma questão ética, com a Psicologia eu não podia alcançar efetivamente. 

Espero ter ajudado a esclarecer, mas se ainda tiver dúvida, pode me escrever. Ou, então, marcamos uma “sessão de clareza” e te ajudo a definir qual a melhor metodologia para você.

Com carinho,

 

Leave a Reply