ATENDIMENTO INDIVIDUAL

Atendimento individual

PSICOTERAPIA INFANTIL

A psicoterapia infantil também é conhecida como ludoterapia, a terapia pelo brincar, mas é um brincar diferente daquele em sua casa ou com seus amigos.

Em um ambiente facilitador é através dos brinquedos e das brincadeiras que a criança entra em contato para expressar e elaborar seus sentimentos, pensamentos, comportamentos e experiências.

É um método muito eficaz nos atendimentos clínicos infantis, pois facilita a auto-expressão dos sentimentos da criança e a libertação dos problemas acumulados por insegurança, agressividade, medo, confusão e frustração. Quando esses sentimentos são aliviados, a criança se conscientiza, esclarece-os, enfrenta-os, aprende a controlá-los ou simplesmente os esquece, e com o tempo atinge uma estabilidade emocional a ponto de perceber o seu potencial, pensar e tomar decisões por si mesma, amadurecer psicologicamente e desenvolver inteligência emocional.

Muitos podem ser os motivos para uma criança ser encaminhada para uma psicoterapia, tais como: conflitos familiares, separação dos pais, falta de regras e limites, baixa tolerância à frustração, dificuldades de aprendizagem ou até mesmo para que tenha um desenvolvimento emocional e social melhor. O importante é poder contar com um profissional preparado para auxiliar a criança e sua família a lidarem com os conflitos existentes e desenvolverem habilidades que são necessárias para a construção de uma vida feliz.

PSICOTERAPIA COM ADOLESCENTES

A adolescência é uma fase marcada por muitos desafios, repleta de contradições e muitas vezes mal compreendida pela família e pela sociedade. O adolescente deixa de ocupar o papel de criança, para assumir responsabilidades e tomar decisões que definirão seu futuro. Tudo isso junto ao turbilhão das alterações hormonais, seu anseio por independência e tantas outras questões que permeiam este ciclo de vida.

Estudos científicos recentes sobre o desenvolvimento cerebral apontam que, por uma série de alterações neurológicas, o adolescente tende a agir por impulso; ser mal interpretado ou interpretar mal as sugestões e as emoções sociais; se envolver em acidentes de todos os tipos; se meter em confusão, como brigas; se envolver em comportamentos perigosos ou arriscados e ter fascínio pelo sistema de recompensa.

Para que o adolescente e a família possam ter um suporte e passar por essa fase de uma maneira mais tranquila, a psicoterapia tem por objetivo acolher seus conflitos e ajudá-lo a trilhar o seu próprio caminho rumo à maturidade.

A psicoterapia pode auxiliar esse jovem a ter autoconfiança e conseguir gerenciar seus conflitos internos e externos de forma saudável sem perder sua identidade. É ajudar o jovem a olhar para dentro, pois existe um mundo a ser explorado, desconhecido e assustador, novo e fascinante.

PSICOTERAPIA DE CASAL

Relacionamentos saudáveis são o que nos dão a sensação de apoio e de conexão. Os nossos momentos de maior emoção geralmente acontecem quando estamos juntos de pessoas e nos sentindo conectados a elas.

Estudos mostram que 69% dos conflitos de todo relacionamento são perpétuos, pois estão ligados à crenças, cultura e valores, sendo assim, não são modificados pelo parceiro.

Existem várias razões para se procurar por esta modalidade de atendimento: quando há falhas na comunicação do casal, promovendo brigas e desrespeito contínuo; mudanças na rotina devido a chegada dos filhos; adversidades que impossibilitam um contato diário do casal; desinteresse sexual; distanciamento afetivo; traição e desgaste da relação.

A Psicoterapia de Casal tem por objetivo criar uma dinâmica de funcionamento otimizado, tornando o relacionamento mais satisfatório e gratificante, além de transformar os relacionamentos familiares em fonte de bem-estar e satisfação, e ajudar o casal a administrar os conflitos mantendo o foco na solução, minimizando as diferenças e desenvolvendo uma comunicação mais assertiva.